domingo, 22 de julho de 2007

por que amamos nosso país?


Fiz o ensino fundamental na escola pública da 305 sul. Esse era um tema obrigatório nas redações: por que amo meu país? Anos setenta, governo militar, patriotismo em alta, mesmo que à força. A bandeira e o hino nacional vinham impressos nos nossos cadernos. Os anos passaram, chegou a abertura, a campanha pela anistia, a campanha pelas diretas, o movimento pelo impeachment.

Em todas essas ocasiões estávamos agarrados, enrolados, vestidos com a bandeira. Sem falar nas copas do mundo. O brasileiro usa o "símbolo da pátria" sem a menor cerimônia: enrola na cintura, faz lenço, camisa, bolsa, canga para praia. Os militares não precisavam ter forçado nosso patriotismo; ele sempre existiu, embora, nesse país de fome, miséria e corrupção, eu não consiga entender por quê. Só sei que nascemos sabendo que nossa terra tem palmeiras onde canta o sabiá.

Essa foto acima é da fachada de loja na asa sul, mas poderia ser feita em vários outros lugares. Foi pintada há um ano, pouco antes da seleção brasileira dar o seu vexame na copa. Quando começou a desbotar, meses depois, ela foi retocada, assim como muitas outras bandeiras pela cidade. Sem nenhum motivo político ou esportivo. Isso não é interessante? Por que amamos nosso país?

Como escreveu Torquato Neto, mais ou menos na mesma época em que eu me empenhava nas redações escolares:

"minha terra tem palmeiras
onde sopra o vento forte
da fome do medo e muito
principalmente da morte

olerê, olará"

3 comentários:

  1. Tá muito bom, mesmo, Usha!!!
    Só aumentaria um pouco a fonte
    pra não cansar tanto a vista.
    Isso aqui vai viciando, vc vai ver,
    ainda mais assim, com fotos recheando belos textos(ou seria o contrário?)
    Parabéns!!
    Quando puder visita minhas
    dicas em www.rubensreboucas.blogspot.com
    Quero sua opinião tbm.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Usha!!
    O texto está muito bem escrito e levanta uma questão muito interessante!!
    Parabéns !!!!

    ResponderExcluir